Querido pianista da estação Adolfo Pinheiro do metrô,

Obrigada.

Eu não sei o seu nome, nem de onde você vem. E talvez não venha o caso.

Eu só queria, então, dizer obrigada.

Por você tocar o piano na estação. Por ter um piano que é tocado. Por você nos lembrar que há um piano na estação.

Muito obrigada.

 

Anúncios

Deixe um comentário! =)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s