{Manual prático de bons modos: Cafeteria} A regra dos cinco minutos

Eu não minto para os clientes. Não é minha filosofia, sabe? Até porque, eu não sei mentir muito bem. Fica e-s-c-a-n-c-a-r-a-d-o.

Então.

[Cliente chegando, ainda ao lado de fora da cafeteria, fazendo careta para o sol que bate na mesa externa] Quero uma empanada. É de carne, né?

(Bom dia para sra. também, miss Simpatia! Como vai?)

[Barista, com sorriso tímido] Er… Bom dia! Ainda não tenho empanadas assadas, mas posso assar! Demora uns vinte minutinhos.

[Cliente, que agora ficou na dúvida se quer esperar] Ahm. 20, é? [pergunta para amiga ao lado] Quer esperar?….

(A amiga afirma positivamente e a cliente agora se dirige à barista/atendente/factotum com cara de mau-humor)

[Cliente} Ah. Tá. Duas empanadas para mim e duas para ela e…

[Barista, empolgada] Maravilha! Você gostaria de escolher o recheio? Tem carne, carne picante, carne com uva passa, requeijão com frango. E, na massa integral tem…

[Cliente, interrompendo, deixando claro que ela tem pressa, veja bem] Duas picantes para mim. Duas suaves para ela. E… um cappuccino e… um chocolate frio para mim. E duas broas. Não. Quatro, enquanto a gente ESPERA.

(Barista se vira nos trinta, põe as empanadas no forno, leva aguinha para agradar, faz o cappuccino, o chocolate frio, leva as broas e é isso, né? Agora resta esperar.)

Cinco (!!!) minutos depois…

[Cliente] Eu preciso de água. Tem? Preciso de água antes do meu café.

[Barista, já nervosa: Café? Que café? Não era café! Era cho-co-la-te fri-o, não era?! Xiii.. será que errei?] Er.. eu levei água para sra.. Tem uma garrafa lá na mesa.

[Cliente, avoada] Ah. Tá. Não vi.

(Ela não viu!)

[Barista, abrindo um sorriso simpático] Tudo bem!

[Cliente, insistindo] Sem querer ser CHATA, mas quanto tempo ainda vai demorar?

[Barista] Hmmm. (Vinte menos cinco dá…) 15 minutos?

{Manual prático de bons modos em cafeterias: Então. Eu sei que o tempo parece relativo, mas não é. Cinco minutos são cinco minutos. Vinte são vinte e… Ah, deixa para lá!}

 

__________________

Esse {Manual} é livremente inspirado nesse daqui. Vai lá!

Anúncios

2 Comments Add yours

  1. Marcos Souza diz:

    Cinco minutos passam para mim como cinco minutos passam para você – REALMENTE. O tempo subjetivo nunca é colocado em uma relação em que se compra ou que se vende rs

    1. Luiza diz:

      É isso! =) =***

      Gostou das cervejas?

      Beijo!

Deixe um comentário! =)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s