{Comida} Mais um contato com o Otto Bistrot e alimento para alma ou “Oficina de Comida Rápida”

Esse post tem um título assim imeeeenso porque ele liga alguns assuntos que eu já trouxe por aqui: o Otto Bistrot, a vontade de cozinhar aliada ao cansaço que faz a gente quase desistir e a comida saudável.

Oi? Como é? O que-que é, o quê?

Então.

Ontem, Chico e eu voltamos ao Otto Bistrot (falei dele aqui). Mas dessa vez não foi para jantar. Ou melhor, não foi para jantar.

A Bia Goll, que prefere ser chamada de cozinheira, como todos nós mortais – e não chef de cuisine -, oferece no seu cantinho, sua casa, seu bistrot, uma oficina de cozinha rápida que vem muito a calhar para essa que vos fala e tantos outros amigos por aí.

A ideia é muito, muito boa: 4 pratos + 1 panela grande = Jantar Saudável e Rápido.

Parece milagre, mágica, brincadeira?

Pois não é.

Na oficina, que ontem contava com 12 pessoas – incluindo uma menininha fofa de oito anos que comeu de tudo -, aprendemos a combinar uma série de legumes em uma panela grande curvada (WOK ou Sautese), resultando em pratos muito saborosos e diferentes.

A prioridade aqui é utilizar produtos orgânicos e colocar na panela do ingrediente mais durinho (que demora mais para cozinhar – batatas por exemplo) até o mais molinho (que cozinha bem rápido ou às vezes nem precisa cozinhar – folhas, por exemplo), salteá-los bem e temperá-los com ervas frescas, castanhas ou grãos, finalizando com azeite e/ou queijos.

Só vendo a alegria da cozinheira e dos comensais ali na sala da casa que abriga o Otto Bistrot para entender: Não tinha carne, não tinha mil panelas, não tinha tudo porcionado. Tinha sim, pilhas de legumes já lavados e descascados, óleo, azeite, alguns temperinhos e… só!

De cada misturinha daquelas ali, que poderiam ser comidas e em si já seriam um saboroso prato, ainda dava para criar combinações com carnes (peito de frango, bacon, linguiças defumadas), transformar em molho de macarrão, em risoto, sopa ou creme, fazendo pequenas alterações.

Quatro pratos viraram mais de 20 combinações diferentes possíveis na minha cabeça. E, sim, eu ainda sou daquelas que vai ao supermercado, acha tudo lindo, mas nem sabe o que fazer quando chega em casa. =(

Depois, ainda tivemos direito a sobremesa de frutas flambadas na cachaça temperadas com gotinhas de chocolate com uva passa e tudo bem, tudo bom. Só uma panela, viu?

Saí feliz. Com vontade de escolher o que eu quero comer, comprar e fazer, e com menos medo de “errar a receita”.

Acho que a oficina de comida rápida e saudável da Bia foi o meu segundo passo rumo às delícias da cozinha de verdade (depois das aulas com a minha querida e paciente tia).

A generosidade da aula é tanta, que a Bia elabora até uma apostila com uma listinha de coisas que você pode comprar na feira e na mercearia (ela não fala em supermercado, rá!) para começar a cozinhar (Sim! Às vezes a gente nem sabe por onde começar!). Sem muita regra, sem complicação.

Gostou?

Deve rolar uma outra oficina dessas no mês que vem. Chame os amigos, siga o Otto Bistrot no FB para saber de novas datas ou outras oficinas (se você já é mais avançadinho na cozinha) ou mande um e-mail (ottobistrotsp@gmail.com) para saber mais.

____________

Lulu sente que cozinhar é uma missão possível!

 

*** Imagens: FB do OTTO BISTROT

 

Anúncios

2 Comments Add yours

  1. Luiza diz:

    Obrigada! =) Muito obrigada por passar por aqui! Já saiu a nova data da oficina de comida rápida e saudável: 14 de outubro. É só mandar e-mail ou trocar mensagem com eles no FB do Otto.

    Aliás, lembrei muito de você, porque a Bia conhece o André – aquele seu amigo da horta do CCSP – e tem um projeto de horta em escolas (para o qual ela busca financiamento coletivo). Uma das frentes do projeto é registrar todo o trabalho em fotos e vídeos para depois multiplicar. Acho que você também ia gostar de trocar uma ideia com ela.

    Ah, tem uma hortinha vertical lá no restaurante, com composteira e tudo. =)

  2. Victor Fisch diz:

    Que delícia esse post também! Eu fiquei muito afim de fazer. Lindo blog!

    *Victor Fisch* fischvictor@gmail.com +55 11 9 8558 7795 http://www.trapezio.art.br

Deixe um comentário! =)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s