{#bibliotecadacasa} A “Biblioteca Casinha” no Parque Severo Gomes

Dia desses eu fui andar ali perto de casa. Era domingo de sol, dia bom para passear. Aproveitamos para dar um pulinho no Parque Severo Gomes, antiga “Praça da Granja” que tem recebido muita atenção nos últimos anos, graças a nova administração ou equipe de voluntários que passou a cuidar do parque.

caminhos

Ele, inclusive, foi ampliado e já possui duas áreas de recreação para crianças com brinquedos e tanquinhos de areia, além de uma pista para caminhada e muitas, muitas árvores.

Além disso, o parque também ganhou um centro de coleta de lixo reciclável (Sim! Agora os moradores da região também podem deixar seus lixinhos – devidamente limpos – ali!) e uma agenda com práticas de Tai-chi-chuan, Lian-gon, Yoga, Jam Session e Danças Circulares.

2014-07-13 14.25.53

Mas o que mais me alegrou, foi dar de cara com uma bibliotequinha com livros infantis!

Essa mini biblioteca faz parte de um projeto idealizado em Wisconsin nos EUA, chamado Little Free Library, traduzido para o português como Projeto “Biblioteca Casinha”.  Já vi muitas fotos dessas casinhas circulando por aí e, inclusive, morro de vontade de ter uma dessas para abrigar os nossos livros, aqui na Casa Amarela.

A ideia é igual a de uma biblioteca livre: você pode doar livros (a temática é definida pelas instruções na casinha, podendo ser literatura, livros infantis, etc.), pode retirar o livro que quiser, ler ali mesmo ou levar para casa. Se quiser devolver, maravilha!

Esse projeto americano, cadastra as bibliotecas e, se você tiver interesse, pode pesquisar pela mais próxima da sua casa pelo Google!

Aqui no Brasil, o mais próximo que temos é a Freguesia do Livro que ajuda todo mundo que tem interesse em abrir uma biblioteca livre dando instruções, arrecadando e oferecendo títulos, principalmente para aquelas iniciativas que ficam próximas a Curitiba, onde o projeto está oficialmente instalado.

biblioteca

Quando fui pesquisar para ter uma casinha que nem essa aí da foto, encontrei até plantas e instruções (com medidas e tudo) para fazer uma todinha sua (ou da sua comunidade). Também dá para trazer uma inteira dos EUA, encomendada a partir de US$250.00(!!!), além do frete e impostos (acho que não, né?).

Pois bem. Então assim, ó. Se você conhece um marceneiro bacanudo ou quiser se voluntariar para construir a nossa casinha da mini biblioteca livre da Casa Amarela, vou te amar para sempre.

Flores

Por enquanto, podemos contar com a nossa janelinha, em que os livros estão expostos aqui na Casa.

Ah, e outra coisa: se você tiver livros infantis para doar para essa biblioteca do parque, pode deixar aqui no café que eu levo para você, tá?

Para finalizar, umas fotos dessa que vos escreve roubando e comendo uma amora silvestre em pleno parque. Tava azeda, tá? Azeeeda (mas não deu dor de barriga)!

amora

Referências

_____________

Lulu acha que o passeio rendeu e um dia quer comer amora doce, lendo livrinho infantil com aqueles senhorzinhos fofos lá da foto, tá?

 

Anúncios

Deixe um comentário! =)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s