{Registro} Como foi o Café com Poesia

Olá pessoal!

Para quem não pôde vir ao Café com Poesia, mas morreu de vontade de vir, eu conto um pouquinho como foi:

Sábado à tardinha, clima gostoso, gente sorridente e simpática. Depois de um bolo aqui, um capuccino acolá, pão de queijo, chás, empanadas e, claro, um belo espresso, esticamos a nossa rodinha ali, na fonte da Casa Amarela, para ler um punhadinho de poemas.

Dentre os lidos, estavam Manoel Bandeira, Mário Quintana, Estrela Ruiz Leminsky, Wyslawa Szymborska e Gregório Duviver (é, aquele do Porta dos Fundos). Teve poeminha de mãe, vindo de Manaus pelo celular, trazendo sonzinho de chuva. Houve poema lido em francês e teve também poema declamado, assim, de sopetão, do Guimarães Rosa.

É isso aí!

Cafecompoesiagrupo

Apenas algumas pessoas, e nada poderia ser mais diversificado em gesto, forma, jeito, contexto.

Teve espaço suave para discussões, interpretações, expressões próprias.

E eu só queria dizer: achei tudo bonito!

Aos que vieram, muito muito obrigada por compartilhar esse momento breve comigo.

Aos que estiveram conosco em vontade, obrigada também! Vamos fazer outros?

____

Lulu está numa fase “vamos ler poesia!”

_____

Anúncios

One Comment Add yours

Deixe um comentário! =)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s